Tonian island arc remnants in the northern Ribeira orogen of Western Gondwana: The Caxixe batholith (Espírito Santo, SE Brazil) – (Santiago et al. 2020)

Island arcs are magmatic arcs formed when oceanic tectonic plates slide below one another in subduction zone settings, just like in the present-day southwestern Pacific Ocean, as in Japan and Indonesia. Island arcs are important tectonic components to understand the evolution of the planet and consequently the continents and oceans that existed in the past.

The Serra da Prata magmatic arc, aged around 860 million years, is part of an association of several magmatic arcs of the Araçuaí – Ribeira Orogenic System (AROS) in southeastern Brazil. This system constitutes an extensive segment of a mountain range developed during the formation of the Gondwana supercontinent at 600-500 million years ago.

In this new article, we characterize the northernmost segment of the Serra da Prata arc, based on lithochemical data and isotopic analysis through radiogenic systems (Sm-Nd, Rb-Sr, U-Pb and Lu-Hf) from the Caxixe batholith, located in the south the Espírito Santo State, southeastern Brazil. The new data demonstrate a juvenile magmatic arc with striking mantle contribution, formed in an intra-oceanic subduction setting in the Adamastor paleo-ocean. The results allow us to reconstruct the paleogeography of the continental blocks and oceans which interacted to form the Brazilian and African geological substrate a long time ago.

Os arcos das ilhas são arcos magmáticos formados quando as placas tectônicas oceânicas deslizam uma abaixo da outra em configurações de zona de subducção, assim como atualmente no sudoeste do Oceano Pacífico, como no Japão e na Indonésia. Os arcos de ilhas são componentes tectônicos importantes para entender a evolução do planeta e, consequentemente, dos continentes e oceanos que existiram no passado.

O arco magmático Serra da Prata, com idade em torno de 860 milhões de anos, faz parte de uma associação de vários arcos magmáticos do Sistema Orogênico Araçuaí – Ribeira (AROS) no sudeste do Brasil. Este sistema constitui um extenso segmento de uma cordilheira desenvolvida durante a formação do supercontinente Gondwana em 600-500 milhões de anos atrás.

Neste novo artigo, caracterizamos o segmento mais ao norte do arco da Serra da Prata, com base em dados litoquímicos e análise isotópica através de sistemas radiogênicos (Sm-Nd, Rb-Sr, U-Pb e Lu-Hf) do batólito de Caxixe, localizado no sul do Estado do Espírito Santo, sudeste do Brasil. Os novos dados demonstram um arco magmático juvenil com notável contribuição do manto, formado em uma configuração de subducção intra-oceânica no paleo-oceano Adamastor. Os resultados nos permitem reconstruir a paleogeografia dos blocos continentais e oceanos que interagiram para formar o substrato geológico brasileiro e africano há muito tempo.


Free download before December 06, 2020, by clicking on the link below:https://authors.elsevier.com/a/1bwEf14fdGtrcv

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: